Em que situações utilizar o método FRAME ? Conceber/projectar sistemas de protecção contra incêndios eficazes.  O primeiro objectivo do FRAME é de auxiliar o engenheiro de segurança ( entre outros profissionais )  para conceber um sistema de protecção contra incêndios eficaz e equilibrado. O profissional experimentado sentirá os pontos fracos do edifício efectuando o cálculo, mas o detalhe do método permitirá colocar a nu os aspectos onde uma melhoria e reforço das condições se mostra necessário, desta forma, re-applicando o método o resultado final confirmará o quanto fundamentado são estas propostas de melhorias. O método de avaliação do risco de incêncio torna-se então um método de Gestão do Risco de Incêndio. Verificar situações já existentes O FRAME aplica-se facilmente a situações já existentes, mesmo se não se visa directamente a melhoria das condições. O cálculo mostrará a relação entre os pontos fortes e pontos fracos, e indicará o afastamento entre a realidade e uma situação mais favorável. FRAME pode ser utilizado para demonstrar que uma situação que está em “conformidade legal”, não significa necessáriamente que o edifício esteja ao abrigo de uma catástrofe Estimação dos danos previsíveis  A experiência mostra que existe uma relação estreita entre o risco calculado R e os danos previsiveis em caso de sinistro. FRAME pode servir para calcular o dano patrimonial previsível. Em caso de um dano real superior ao dano teórico calculado, é sugerido que seja procurado o incendiário. Em boa verdade, se a diferença é significativa e pronunciada, uma “ajuda do exterior” será a explicação mais provável.  Comparação do método com os códigos de segurança contra incêndios existentes.  A abordagem FRAME difere das abordagem dos códigos e legislação. O método orienta o projectista em primeiro lugar para a protecção do patromínio, antes de focalizar a segurança das pessoas e ocupantes. Desta forma, define-se em primeiro lugar uma protecção adequada para o edifício, e posteriormente verifica-se se as medidas complementares são necessárias para assegurar a segurança das pessoas e ocupantes e das actividades. Não obstante, os códigos e regulação previligiam frequentemente as medidas preventivas e passivas. A estabilidade ao fogo da construção é frequentemente imposta, no entanto, a implementação de uma rede de sprinkler´s é raramente obrigatória. Bem que o método FRAME permite uma maior liberdade de escolha das medidas a aplica, o equilíbrio entre o risco e as medidas de protecção é idêntico ao que se encontra na maioria da regulamentação e códigos de segurança contra incêndios.